Cardapios

Chami Esfihas traz gastronomia do Oriente recheada de tradição


Postada em 06/04/2013 às 22:00
Por Glaucia Balbachan


Comandado pelo proprietário e chef libanês Abdul Chami, o restaurante de delícias árabes está de “tendas” abertas há sete anos em Santo André. Há 20 anos envolvido com a gastronomia árabe, Abdul já teve outros restaurantes em São Paulo e desta vez escolheu o ABC Paulista para espalhar seus temperos libaneses pela região.











O inusitado sanduíche de falafel no pão folha

A marca Chami nestes 20 anos de trabalho, através de sua qualidade e sabor vem acumulando títulos importantes dentro da gastronomia. Por três vezes consecutivas (2007/2008 – 2008/2009 – 2009/2010), foi eleito o melhor da cidade pela Revista - Veja Comer & Beber ABC. O cardápio é sortido e vai direto ao ponto. Por serem  muçulmanos, nada de carne de porco ou bebidas alcoólicas no menu. Quando chegamos ao local, não teve como não sentir “aquela” atmosfera árabe encantadora, vendo as mulheres do restaurante, trabalhando trajadas com aqueles lenços islâmicos.

 Simples e aconchegante a casa tem capacidade para trinta pessoas e o aroma da culinária de Chami, já se sente da porta do restaurante. O Empratado conversou com a estudante de nutrição Marian Chami, uma das filhas de Abdul, que também administra e ajuda no restaurante árabe. Com o lenço islâmico, Marian conta que os clientes pensam que os trajes que usam são uniformes. “Na verdade, todo mundo confunde. Todos acham que usamos os lenços para chamar atenção de clientes, mas usamos mesmo pela tradição à nossa religião”, conta a estudante.










Charutos de folha de uva com pão Sírio e baba ganouche

O público-alvo da casa é mais familiar e o forte do restaurante são os pedidos por delivery, principalmente aos finais de semana. Na cozinha sempre são criadas novidades para o recheio das esfihas, que como o quibe na bandeja e a coalhada seca são o carro chefe do restaurante. Por não consumirem carne suína, criaram a esfiha de calabresa bovina, depois o recheio de batata cozida, azeite e salsinha e a de espinafre com ricota e por aí vai... São mais de trinta sabores no cardápio. “O objetivo do Chami é surpreender no sabor, mas acima de tudo apresentar a verdadeira comida árabe”, finaliza Marian.

 











Os  tradicionais doces árabes


 

Por sugestão da casa, nós do Empratado degustamos o supersaboroso sanduíche de falafel. Enrolado no pão folha nos foi sugerido pelo chef não usar os talheres e sim, degustá-lo com as mãos. (fava, grão de bico, hortelã, salsinha, alface, berinjela em conserva, pepino e tomate no pão sírio) – R$11,00. Em seguida nos chegou à mesa, o artesanal e suculento charuto de uva, guarnecido de pão sírio e o cremoso Baba Ganouche. De sabor marcante e aroma delicado, o prato serve bem duas pessoas. (carne, arroz, temperos árabes e molho de tomate) – R$21,00.

 

E para finalizar o jantar das mil e uma noites, os tradicionais e crocantes doces árabes. (Belewa – folheado, ninhos de nozes, pistache e damasco). R$ 3,50 cada. E antes de fechar a conta, peça pelas balas de goma árabe – sabor e textura bem diferentes das nossas. A gastronomia do local é de primeira e o serviço é rápido e descomplicado.  

Hanian!  (bom apetite!)

 

 

Serviço: Chami Esfihas – Gastronomia Árabe

Rua das Figueiras, 393 – Barro Jardim – Santo André / SP

Tel: (11) 4432-1875/ 3439-3300

Funciona: Domingo, terça, quarta e quinta: das 18h às 23h

 Sexta e sábado: 18h às 00h00 / Segunda-feira: Não abre