Goles

O imponente Brunello de Montalcino marca os 50 anos de Consórcio italiano em SP


Postada em 05/07/2016 às 17:31
Por Glaucia Balbachan



A região de Montalcino, o terroir da Toscana, a casta Sangiovese e a paixão italiana pela produção de vinhos sempre trouxe questionamentos por conta dos resultados dos vinhos. Quando se fala em Brunello, por exemplo, sempre gera uma grande expectativa e um consenso geral – São vinhos grandiosos no aroma e paladar.
No último dia 27 de junho, o Restaurante Cantaloup em SP, serviu de cenário para os 50 anos do Consórcio de vinho Brunello de Montalcino. O evento Benvenuto Brunello 2016 foi marcado com uma grandiosa Master class para 40 formadores de opinião.



Entre tantas taças de cristal na sala de degustação, tivemos vinte duas amostras entre Rossos e Brunellos – com a honrosa missão de degustar e conhecer novos produtores e vinhos de safra que ainda não entraram no país. O italiano Giacomo Pondini a frente da bancada apresentava o histórico de cada vinícola dividindo os comentários do tasting dos vinhos com o Dr. Arthur Azevedo (Presidente da ABS/SP).



Os produtores presentes foram: Altesino, Barbi, Belpoggio, Brunelli, Camigliano, Caparzo, Col D’ Orcia, La Magia (em busca de importador), La Palazzetta, Pian delle Querci (em busca de importador) e a vinícola Sassodisoli.
Os dois flights com 22 trabalhos puderam mostrar uma Itália romântica, imponente e marcante no sabor. Os 11 Rossos elaborados com a uva Sangiovese passam menos tempo em barricas de carvalho de carvalho da França ou Eslavônia (Croacia) e vão para as garrafas ficando um tempo menor ainda. Mas isso certamente não interfere na qualidade. Todos estavam frescos e leves com notas frutadas e equilíbrio. Um Rosso que nos chamou atenção foi do produtor La Magia – sem importador no Brasil. O vinho de safra 2014 é delicado, fresco e com alta intensidade aromática. Frutado, o vinho traz ameixa, morango framboesa com taninos macios e acidez equilibrada. Delicioso.



Já o segundo flight foi mais majestoso com 11 amostras de Brunellos e com os mesmos produtores só que com vinhos mais elaborados no trabalho. Mais álcool (entre 14 e 15% de teor), mais personalidade, mais tempo de madeira e potencia como de costume. A qualidade nas taças foi superlativa e inesquecível.


O Brunello do produtor Barbi importado pela Interfood, foi uma das amostras que surpreendeu pela delicadeza e pela forte presença, também. É encorpado, vibrante e com frutas vermelhas frescas no boquet. Na boca maça vermelha com boa acidez e equilíbrio. O final é longo e persistente. Uma joia.
Teor alcoólico: 14/5%
Interfood: Rua Borges de Figueiredo, 1133 – www.interfood.com.br


Tel: (11) 2602-7255



Outro Bunello que não passou despercebido foi o da vinícola Camigliano encontrado nos Estados Unidos, Europa, Japão, China e Brasil (importado pela Casa Flora), é rico em complexidade. Framboesa e mirtilo estão presentes nos aromas incluindo chocolate e nota floral de violeta. Na boca é encorpado com notas de maça vermelha. Tem acidez equilibrada e taninos macios. Gastronômico, o final é persistente e feliz.
Teor alcoólico: 14%
Importador – Casa Flora: Rua Santa Rosa, 207 – Tel: (11) 3228-4285
www.casaflora.com.br



Serviço: Benvenuto Brunello – 2016
50 anos do Consórcio do vinho Brunello de Montalcino