Novo Mundo Goles

Concha y Toro e seu Amélia Chardonnay


Postada em 14/04/2024 às 12:22
Por Glaucia Balbachan


Na última terça-feira dia 09 de abril aconteceu o lançamento do Guia Descorchados em São Paulo, onde a chilena Concha Y Toro teve destaque na pontuação de seus vinhos.

Um dia antes do evento, tivemos um happy hour na companhia do enólogo chileno Marcelo Papa que apresentou seu Chardonnay e Pinot Noir da região de Limarí (linha Amélia) e do enólogo Germán di Cesare da argentina Trivento com o seu Eolo.

Projeto Amélia


Os vinhedos de Amélia Chardonnay e Pinot Noir eram cultivados anteriormente em CasaBlanca e a partir de 2017 o projeto começou a ser desenvolvido em Limarí (ao norte de Santiago).

Nesses últimos 6 anos os vinhos tiveram evolução significativa por conta da tecnologia aplicada e por seu terroir excepcional. O vinhedo Quebrada seca (foto acima) com vinhas plantadas desde 2013, resultou um vinho que não passa despercebido. Trata-se de um Chardonnay que privilegia o frescor e mineralidade, onde teve passagem por 13 meses de carvalho, sem fermentação malolática com a ideia de conservar a essência natural da uva.

Já o Amélia Pinot Noir é um clássico em sua tipicidade, que traz acidez marcante com notas aromáticas de cereja negra madura e especiarias. No paladar é macio, frutado e com final terroso.


Projeto Trivento Eolo

A marca Trivento da Concha Y Toro está instalada na Argentina. O responsável pela linha Eolo que ganhou 97 pontos no Descorchados 2024 é o enólogo Germán di Cesari.

De vinhedos centenários a 983 metros de altitude na parte norte do rio Mendoza, temos a fusão de equilibro, potência e elegância como resultado.
A safra 2019, que provamos apresenta um Malbec saboroso de frutos vermelhos e notas de violeta. No paladar é abundante com taninos macios e acidez na medida. O final de boca é longo e frutado. Prove com um stake au poivre.

Serviço: Concha Y Toro

Amélia e Trivento

Onde comprar: www.descorcha.com.br

Fotos: Divulgação