Goles Viagens Novo Mundo

Os vinhos e o turismo sustentável da Cerro Chapeu


Postada em 13/06/2020 às 01:34
Por Glaucia Balbachan


As propriedades Cerro Chapeu estão localizadas no ambiente mais puro, de acordo com os índices de sustentabilidade ambiental (ESI) das universidades de Columbia e Yale. A adega é executada pela 10ª geração da família Carrau, que tem mantido vinhas de manejo sustentável desde 1752, a partir da Cataluña e em seguida no Uruguai no século XX.

A bela vinícola esta localizada em Rivera, a 500 km ao norte de Montevidéu, junto à fronteira com o Brasil. A área foi escolhida nos anos 70, localizada a 340 metros acima do nível do mar e cercada por colinas planas – típicas desta região, onde a área possui solos arenosos profundos, com rendimentos relativamente baixos e boa drenagem para evitar excesso de umidade das chuvas.

Vinhas de Tannat somam 70% no cultivo. Outras variedades incluem Cabernet Sauvignon, Sauvignon Blanc, Pinot Noir e Chardonnay. A vinícola construída em 1997 dentro de uma colina foi assim escolhida para otimizar recursos e usar a gravidade para minimizar a intervenção no processo de vinificação. São 40 hectares de vinhas no Uruguai e quatro no Brasil. ( foto abaixo: proprietário e enólogo Francisco Carrau)

Em jantar exclusivo no EsMercat em Montevidéu, pratos atraentes e apetitosos foram servidos com vinhos muito especiais. Começamos com belos brancos e um espumante por método tradicional – safra 2014 com ótima untuosidade. Já os tintos destacamos dois rótulos: Castel Pujol Edition e o protagonista da noite o Batovi Tannat t1.

Castel Pujol Edition Limitada (50 anos)

É um blend pitoresco de Tannat, Cabernet Sauvignon e Souzão. Nos aromas frutas negras e especiarias. No paladar é fresco, saboroso com acidez equilibrada e taninos granulados. É redondo e persistente na boca. Uma delicia.

Batovi Tannat T1

É simplesmente o melhor Tannat da marca. Trata-se de um 100% Tannat bastante complexo. Fresco, passa por carvalho francês por 18 meses. Nos aromas frutas negras como: mirtilo, cerejas e amoras, além de toque de violeta. No paladar é encorpado, potente, com acidez equilibrada e taninos elegantes. Final longo de fruta na boa. Ótimo trabalho.

Serviço: Cerro Chapeu

Contato: Pia Carrau – Gerente ([email protected])

www.cerrochapeu.com

Fotos: Divulgação

Já esteve no Uruguai? Já provou seus vinhos? Comente sua experiência. Esta wine press trip foi um convite da INAVI – Instituto Nacional de Vitivinicultura do Uruguai e pela Uruguay Wine.