Cardapios

Chef Marcos Livi apresenta seu novo Quintana Bar e revela gastronomia e literatura em menu sinuoso do Sul brasileiro


Postada em 04/02/2014 às 01:01
Por Glaucia Balbachan


Parafraseando com a seleta gastronomia cultural do Rio grande do Sul, Santa Catarina e Paraná











Fachada do Quintana Bar

Como é bom se deparar com o não convencional. Já se sente diferença logo na porta do novo bar na Vila Sofia. Casa com a fachada de encher os olhos abriga salão principal no piso inferior com despojado balcão, terraço e empório com produtos saborosos do Sul do País. 











Salão principal da casa sulista

 

Subindo em direção ao primeiro andar, fragmentos delicadamente expostos sobre títulos de obras de Quintana pelos de graus do primeiro lance de escadas até um charmoso mezzanino. 

 












Decoração inusitada da casa gastronômica cultural

 

Em seguida no segundo andar um curioso e encantador espaço a céu aberto com uma aromática horta urbana – toda desenvolvida e planejada pelo arquiteto Vitor Penha.

 

Criador das casas Botica e Veríssimo, o Chef Marcos Livi sempre defendeu com paixão a gastronomia de bar. Agora com o novo em folha Quintana - nome no qual homenageia o escritor gaucho Mário Quintana, a proposta traz rica informação com cardápio recheado de pratos com contrastes e texturas da culinária de suas origens e Livi não deixa dúvidas do resultado final da pesquisa, que o levou por nove meses pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná a desbravar influencias e cultura gastronômica de lá. 

 












Berdigão de Floripa

 

A cima de tudo, o projeto é cultural. Livi transferiu para sua cozinha, histórias já existentes, que somada a sua segurança profissional e ineditismo, apresentou bom convívio entre os ingredientes em apresentação atraente nas porções compartilhadas.

 










Coxinha lapeana

 

Na cozinha sulista do Quintana, tudo vai bem além do churrasco gaucho.  O local propõe petiscos bem orquestrados. Em destaque se sobressaem o Berdigão em conserva – apetitoso vôngole de Floripa, em seguida a Coxinha Lapeana – Da cidade de Lapa no Paraná, Livi uniu dois quitutes queridos pelos paulistanos em um único prato – Coxinha de frango envolta na massa de pastel – imperdível.

 










Empanado de camarão e abóbora

 

Outra novidade fica por conta do Marreco – canapé de textura macia em pão de broa, o delicado filé de marreco ganha especiarias e suculenta compota de maçã por cima. Do Paraná e por influencias ucranianas – o Varenyke e a sopa Borsch são pratos típicos, que se encaixam bem no contexto cultural gastronômico regional.Outra pedida é o clássico bolovo com nova roupagem e o colorido empanado de camarão e abóbora. Para fechar com uma salva de palmas – o bolinho de arroz doce recheado de doce de leite e guarnecido de cremoso sorvete de chimarrão.  A sobremesa que causa conforto no paladar ganha frescor natural do sorvete de chimarrão enaltecendo a doçura da obra. Essa é somente uma amostra de muitas delícias adocicadas no menu do bar.










Bolinho de arroz doce recheado de doce de leite com sorvete de chimarrão

 

Ineditismo gastronômico, boa atmosfera, pratos para quem gosta de comer, menu afinado e muito sabor a cima de tudo. Vale a visita cultural.

 

 

Serviço: Quintana Bar

Rua Olabo Bilac, 57 – Vila Sofia/ SP

Tel: (11) 2129-6570

www.quintanabar.com.br

Fotos gastronômicas: Luna Garcia

Fotos dos ambientes: Elvis Fernandes