Cardapios

Dois japoneses em São Paulo com linhas opostas de trabalho gastronômicas são boas opções para se comer com os olhos e hashi


Postada em 12/04/2013 às 23:55
Por Glaucia Balbachan



 Daiki - Japa contemporâneo!


 

Cada vez mais a culinária japonesa encanta e atrai os paulistanos. E cada casa apresenta seu trabalho de uma maneira particular e recheada de identidade. Descobrimos dois japoneses novos na cidade com sabor e esmero estampados em seus pratos orientais.

 










O apetitoso Carpaccio de anchovas negras

 

Chefiado por Jairo Abrahão Jr., O Daiki nasceu da idéia de um grupo de amigos, que já conhecia as mãos talentosas de Jairo convidando-o a abrir a casa japonesa. Com quase dois anos e meio de funcionamento, o conceito da casa são os sushis e sashimis como carro-chefe. Embora a casa tenha pratos tradicionais, a linha gastronômica é contemporânea com direito a algumas invencionices apetitosas.

O Daiki é praticamente vizinho de frente com a Cinemateca, na Vila Mariana. Com isso, o perfil de público da casa, além de casais, grupo de amigos e família são os jovens que frequentam o espaço cultural, apreciam a culinária também. A região está revitalizada e é bastante arborizada.

 










Combinado Omakasse

 

 Com bons ingredientes, o chef Jairo abre o seu campo de criação desenvolvendo pratos coloridos e supersaborosos. Há 22 anos envolvidos com a gastronomia oriental, o ofício foi apresentado ainda no interior de SP por um amigo japonês, que deu o primeiro empurrãozinho na carreira. Antes do Daiki, passou pelo Sea House na Alameda Lorena e pelo Kazuki Sushi em Moema.

A casa é despojada com salão inferior e balcão, onde se pode ficar perto do chef e ver todo o processo de montagem dos pratos e no andar superior, dois espaços de tatames – sendo que um deles é mais privativo com porta. O outro espaço é mais convencional com mesas, onde é possível uma das salas com tatame.

O cardápio é recheado de opções para duas ou mais pessoas e pratos também individuais. Refeições quentes como o lamen é boa pedida. Quanto às bebidas, há variedade de saquês, cachaças e o clube do uísque. Começamos avaliando a entrada de Carpaccio de anchovas negras – R$34,00. Entrada leve e delicada vem guarnecida de contraste de sabores com peixe defumado, molho com limão, shoyo e segredinhos do chef – capricho nos ornamentos do prato. Em seguida fomos de combinado Omakasse (24 unidades para uma pessoa) - R$ 76,00. Atraente e saboroso o prato é sortido e colorido. Farto para uma pessoa o combinado traz texturas inusitadas e equilíbrio no sabor. Uma atenção a mais no sushi com ova de tobiko (ova amarela), que torna o sushi crocante - as ovas estalam na boca – sabor levemente cítrico, muito bom.

Ingredientes frescos, pratos bem executados, harmonia no sabor, bons preços e atmosfera calorosa – Um deleite!

Serviço: Daiki

End: Largo Senador Raul Cardoso, 40 – Vila Mariana/SP

Tel: (11) 5082-4068

www.daiki.com.br

Fotos: Katiuska Sales


Contato: (11) 98139-6414

 

 

 

Jiyuu - Japa Tradicional!

 

Para aqueles que ainda preferem japoneses mais clássicos com bons pratos tradicionais sem invenções, não há local melhor, que o bairro da Liberdade em SP. O nome do restaurante é a tradução em japonês do bairro oriental: Jiyuu – liberdade.

As peculiaridades começam na porta do restaurante, onde você mesmo abre a porta de correr com cortinas brancas orientais curtas. A casa é diminuta, simples e agradável. Opte se possível em sentar perto do balcão, onde enquanto espera seu prato, você pode observar o sushiman preparar com todo cuidado e precisão os combinados.

 










O carpaccio de polvo do Jiyuu

 

Novinho em folha, o Jiyuu existe há um ano e sete meses e seu conceito foca numa gastronomia tradicional simples com pratos exóticos e ingredientes de primeira. Comandado pelo chef e sushiman Otávio Hidemitsu Barbosa – o processo de criação dos pratos é feitos com base nos gostos dos clientes, que Hidemitsu já teve. O cardápio é recheado de pratos saborosos, que procura guiar o cliente para a opção desejada com todas as descrições em português para não haver dúvidas. Para os habitués, é possível pedir pratos, que não existem no cardápio – onde o objetivo principal é surpreender o cliente e fazer com que o chef aflore sua criatividade gastronômica na execução. Quanto ao perfil de público da casa é mais fácil encontrar pessoa de outras regiões da cidade e grande ABC. Mas no geral são adultos que apreciam uma culinária tradicional.

Hidemitsu está envolvido com a gastronomia japonesa há 29 anos. Começou no clube de golfe em Arujá/SP. Ainda jovem, pôde se aproximar de uma das cozinhas mais encantadoras aprendendo os princípios básicos da culinária japonesa. Antes de abrir sua casa, passou pelo Sushiken, na Brigadeiro Luiz Antonio  e depois pelo Sushilika. A proposta da casa é manter a tradição da culinária sem banalizar os pratos com festivais e manter a qualidade e tradição.

 










O exôtico combinado Jô

 

 

 Com música japonesa bem suave ao fundo, começamos com uma entrada bem temperada – Carpaccio de polvo – R$ 31,00.  O sal marino e a presença do limão no prato permearam bem a carne de textura firme e saborosa do polvo, deixando uma leve nuance cítrica e deliciosa no paladar. O shoyo é dispensável.

 Em seguida, nos chegou à mesa, o combinado Jô – R$ 103,00 – serve duas pessoas. Prato sortido de propostas gustativas de produtos tradicionais e exóticos. Presença de cores e equilíbrio no sabor. Há texturas diferentes em todo prato. Os niguiris ganham cortes maiores e os peixes dos sashimis têm corte mais espesso (corte clássico), em especial o torô. No quesito exótico, os sushis com barbatana de tubarão, ouriço do mar e ovas com gema crua de codorna ganham espaço especial no prato. Impecável na apresentação e na supremacia.

Gastronomia tradicional japonesa com cor, sabor, textura e harmonia. Serviço e atendimento são descomplicados. Vale a experiência!

 

Serviço: Jiyuu Sushi

End: Rua dos Estudantes, 166 – Liberdade/ SP

Tel: (11) 3208-1159 / 3208-4181

www.jiyuusushi.com.br

Fotos: Katiuska Sales


Contato: (11) 98139-6414