Goles

Empratamos: O Grupo italiano Farnese e seus Primitivos do Sul da Bota


Postada em 30/06/2016 às 00:16
Por Glaucia Balbachan


Campanha, Abruzzo, Puglia, Basilicata e Sicilia são as cinco regiões no Sul da Itália, onde o Grupo Farnese trabalha na produção de seus vinhos. A primeira vinícola foi fundada em 1994, e de lá pra cá, a qualidade e quantidade ganha êxito e visibilidade. Atualmente são comercializadas 15 milhões de garrafas ano. A maior produção está concentrada em Abruzzo – mais de 50% da produção, em seguida vem a Puglia com suas uvas tintas.


Para apresentar os rótulos Lucarelli, Caldora e Vigneti del Vulture estava presente o diretor de importação Marco Scarinci. Entre uma explicação e outra, Scarinci falou de terroir, microclimas e das uvas italianas. As videiras de castas na sua maioria nativas (autóctones) originam vinhos bastante versáteis, que chamam atenção.



Começamos com o Rosado safra 2015 – Pipoli Basilicata IGT. Produzido com 100% casta Aglianicas, o vinho é jovem, leve e fácil de beber. Bem a cara do Brasil em dias ensolarados. reserva framboesa e cereja nos aromas. É mineral, agradável na boca e com nota de frutas cítricas e leve açúcar. Vai bem na companhia de brusquetas ou mesmo sozinho.


Teor alcoólico: 13%


Valor: R$77,14


 Em seguida partimos para o Luccarelli Primitivo Puglia IGP


 


Com 100% uva Primitivo, ( ganha esse nome “Primitivo), porque foi a primeira a ser cultivada na Itália), é delicado, redondo e fácil de beber – está pronto. Sem passagem por madeira, o vinho é saboroso para o dia-a-dia com bom custo beneficio. Cereja, ameixa e mirtilo são frutas que estão entre os aromas mais persistentes. Há notas de baunilha e ervas como alecrim. Na boca é seco, corpo médio, taninos delicados e final marcante. Tem que provar!


Teor alcoólico: 13,5%


Valor: R$ 69,69


O Caldora terceiro rótulo apresentado é untuoso e imponente no sabor. Safra 2013 passa por 13 meses em barricas francesas e americanas e sofre fermentação malolática. Nos aromas frutas vermelhas, chocolate e um pouco de baunilha. Na boca é encorpado, alta acidez, taninos elegantes, final longo e feliz. Ótimo vinho com ótimo preço.


Teor alcoólico: 13%


Valor: R$62,68


Fechamos a noite com o Lucarelli Primitivo di Manduria Old Vines


Safra 2011é a “cereja do bolo”, o vinho está perfeito e pronto para consumir. Passando por seis meses em barrica, é gastronômico e equilibrado. É complexo nos aromas – mas frutas como amora, frutas em compota e geleia aparecem com frequência. Há notas de tostado e especiarias doces. No paladar é encorpado, mas tem leveza. Os taninos são macios com notas de cacau e café no final. Incrível.


Teor alcoólico: 14,5%


Valor: R$231,83


 


Serviço: Grupo Farnese


Importadora: Casa Flora


Rua Santa Rosa, 197 – Brás/SP


Tel: (11) 2842-5199


www.casaflora.com.br