Goles

Empratamos os Vinhos de Talha do Alentejo em degustação especial em SP


Postada em 03/10/2016 às 00:19
Por Glaucia Balbachan



O último 20 de setembro nos trouxe boas surpresas vindas da região do Alentejo – Portugal. Além da feira com 20 expositores alentejanos com rótulos bastante significativos como: adega de Borba, adega do Monte Branco, Cartuxa, Esporão entre outros, tivemos uma degustação comentada pelo expert Alexandre Lalas no hotel Intercontinental em SP.




No total foram 11 amostras de vinhos escolhidas a dedo por Lalas, entre elas vinhos feitos por vinificação em ânfora ou talhas. Jeito antigo e abandonado pelo tempo, que foi trazidos pelos romanos – com a cultura da talha. Trabalho artesanal onde o desengaçe é feito a mão e a fermentação é natural. O mosto vai direto para toneis de cerâmica e lá saem por uma torneira depois de prontos.



Com diferentes solos, temperaturas e grande diversidade de terroir, o Alentejo consegue transformar suas uvas em vinhos de excelente qualidade. Por conta dos 49 graus - os vinhos ficam alcoólicos, mas ganham equilíbrio e elegância.




Começamos com dois vinhos brancos secos, frescos e agradáveis a boca – Régia Colheita e Tapada de Coelheiros (toque amanteigado por conta da madeira – é delicioso o Chardonnay).




O terceiro vinho foi de talha. Nos surpreendeu. vinho frutado, delicado, supersaboroso. Tem que provar. Piteira safra 2014 – Com tanino bem leve é fácil e redondo de beber. Em seguida nos foi servido o Comenda grande, depois o delicioso Bacalhau com um corte de Trincadeira, Alicante Bouchet, aragonês e tinta grossa. Equilíbrio e sabor de mãos dadas.



O sexto vinho foi o Ponte das Canas com frutas negras presentes na boca e aromas, depois nos chegou a mesa o Borba com seu rótulo de cortiça – bem fresco, depois o Monte Branco com final longo e em seguida, o Marquês de Borba com corpo, equilíbrio e elegância na boca. Delicioso e romântico.



E finalizamos com o Tinto da Talha e o J Tinto vinificado em Ânfora. Com frutas vermelhas, muito tanino e madeira presente. É um belo vinho gastronômico que pede uma carne assada. Ao fim do tasting lusitano, o evento deu sequencia a feira que trouxe muitos wine lovers.


 



Serviço: Vinhos do Alentejo
CVRA – Comissão Vitivinícola Regional Alentejana
www.vinhosdoalentejo.pt


Imagens: Site Empratado