Novo Mundo Goles

A Patagônia surpreendente da Bodega Chacra


Postada em 26/01/2023 às 15:27
Por Glaucia Balbachan


A marca superestimada Chacra cada vez mais vem atraindo as atenções de críticos internacionais e principalmente apreciadores e consumidores de vinho por seu resultado impecável e impactante, que vem sendo mostrado a cada safra. (foto acima: site Bodega Chacra).

Trata-se da soma de seus terroir, climas e microclimas focados em videiras fornecedoras de profundidade e estrutura de uvas tintas e brancas produzidas com mãos já bastante experientes.

O projeto brilhante intitulado de Chacra desenvolvido pela família italiana Rocchetta – pioneiros nos supertoscanos e criadores do histórico Sassicaia, moveu Piero, neto de Mario Incisa dela Rocchetta a buscar inovações no terroir da região de Río Negro na Patagônia argentina.

Logo Mainqué foi escolhido como o espaço precioso para começar a história da bodega que ganhou o nome de “chacra”, que significa na região da Patagônia, um pedaço de terra destinado à pomologia (cultivo de frutas) e também diz que as chacras são o centro de energia vital que proporcionam a conexão com o universo.

Sendo assim, o trabalho da bodega está direcionado completamente a preservar a identidade do terroir e as uvas em pé franco com a viticultura orgânica e biodinâmica com o mínimo de intervenções.

Piero em contato de seu amigo francês Jean-Marc Roulot – um dos mais importantes produtores de Chardonnay na Borgonha, passou a participar do projeto argentino de Chardonnay na Bodega Chacra.

A produção está voltada para as cepas de Pinot Noir e Chardonnay. O resultado na taça é extraordinário. São vinhos que trazem surpresas marcantes no nariz e boca. Apreciadores de Pinot ou mesmo Chardonnays borgonheses seriam facilmente enganados nas sensações apresentadas por esses vinhos. Ninguém diria que é um vinho originário da Patagônia. Vale a investida.

A Clarets na semana do Natal de 2022, anunciou o lançamento em suas redes sociais, site e e-commerce da chegada da marca argentina no portifólio da importadora.
São 8 rótulos disponíveis: Bodega Chacra by Jean-Marc Roulot Mainqué Chardonnay 2021, Bodega Chacra by Jean-Marc Roulot Chacra Chardonnay 2021, Bodega Chacra Nacha Pinot Noir Rose 2022, Bodega Chacra Roka Malbec 2021, Bodega Chacra Barda Pinot Noir 2021, Bodega Chacra Sin Azufre Pinot Noir 2021, Bodega Chacra Cincuenta y Cinco Pinot Noir 2021 e Bodega Chacra Treinta y Dos Pinot Noir 2020.

Em degustação destacamos 4 vinhos da Bodega argentina Chacra:

Bodega Chacra by Jean-Marc Roulot Chacra Chardonnay 2021

Suas vinhas somam 40 anos de idade trazendo elegância, frutas brancas como melão, nectarina, banana, baunilha e nuts. No paladar é estruturado e cremosos. Há um toque salino marcado na boca. É adorável – nem parece ser um vinho do novo mundo. Delicado e marcante – R$ 849,60.

Bodega Chacra Barda Pinot Noir 2021

Pinot com passagem por concreto e carvalho francês é um tinto não filtrado. Há complexidade de frutas vermelhas, notas terciárias de animal e terra molhada nos aromas. No paladar é redondo, taninos macios, acidez média-alta com bom preenchimento de boca. Típico vinho glu-glu. Um Borgonha da Patagônia. R$ 269,40.

Bodega Chacra Cincuenta y Cinco Pinot Noir 2021

Cincuenta y cinco é a idade das vinhas desse Pinot estruturado, majestoso e superestimado cheio de complexidade, cerejas, notas defumadas, alcaçuz e ervas finas nos aromas. Na boca é saboroso, jovem, de acidez penetrante e taninos proeminentes. Impressionantemente bom.

Bodega Chacra Treinta y Dos Pinot Noir 2021

É batizado de Treinta y Dos porque suas vinhas tem 32 anos. Este Pinot te ganha nos aromas de frutas vermelhas e negras com toque de ervas frescas. Na boca a acidez é adorável, com densidade cremosa, taninos mais marcantes e final longo e apetitoso. Refinado e inspirador. R$1.199,40.

 

Serviço: Bodega Chacra

Importador: Clarets

[email protected]

Tel: (11) 3150.5555

www.clarets.com.br

Fotos: Site Empratado