Pratologia

O Strogonoff


Postada em 01/04/2013 às 13:49
Por Glaucia Balbachan



 Do leste europeu até a sua chegada aqui no Brasil, o strogonoff teve algumas alterações em sua matéria prima, mas até hoje é um dos pratos mais populares e apreciados pelas pessoas.


Existem várias histórias que relatam o surgimento do tal prato com carne em tiras e molho. Entre elas, onde o cozinheiro do Czar Peter, na Rússia preparava alimentos para os soldados russos no século XVI, o primeiro nome do prato era strogonov. Era carne cotada em tiras sob o sal grosso e vodka para preservar a carne em bom estado. De origem russa, a versão mais aceita dessa história, conta que surgiu na região de Novgorod, próximo a São Petersburgo no século XIV. 


A nobre família Stroganoff reunia em seu castelo, a vizinhança para degustar receitas preparadas por eles. Numa noite, a baronesa Nikolie Stroganoff serviu um prato com cebolas picadas, cogumelos, carne suína e bovina cortadas em tiras, flambado à vodca e engrossado com polpa de tomates e nata, para ser servido em cima de torradas de fécula de trigo. 

Depois da revolução de 1917, a deliciosa receita que levou o nome da nobre cozinheira chegou à França e ganhou molho béchamel - à base de farinha, margarina, leite, pimenta, noz-moscada e sal, além de conhaque para a flambagem. 

No século XX, o prato se popularizou e incorporou ingredientes mais modernos como creme de leite no lugar da nata, molho inglês, catchup, mostarda e páprica. 

 

Atualmente, o strogonoff é preparado também com carnes de frango e camarão, recebendo uma repaginação nos molhos com requeijão ou leite de coco e é comum estar acompanhado por arroz branco e batata palha. A popularidade do prato é tão grande que, tornou-se um dos pratos mais vendidos no mundo.