Cardapios

Babek: Traz gastronomia tradicional e atmosfera romântica com sabor do Oriente


Postada em 06/04/2013 às 00:55
Por Glaucia Balbachan


 O sabor marcante do couscous maroquino


Comandado pelo proprietário Carlos Souccar, o restaurante árabe Babek está com suas “tendas” abertas desde setembro de 2009. Pequena e aconchegante a casa se divide em dois espaços (superior e inferior). Paredes de tijolos aparentes e de cor vinho, além de objetos característicos árabes como tapetes pendurados em paredes, narguiles, luminárias e tecidos em tom claro foram colocados no teto do pé direito alto, lembrando a sensação daquelas tendas das mil e uma noites!

 










Filé de kafta com arroz aletria e homus

 Por influência de seus pais libaneses, Souccar já tinha vontade de montar um local e a gastronomia familiar falou mais alto. Muitos dos pratos do cardápio são receitas tradicionais de seus pais. O carro chefe da casa é o kebab tradicional de cordeiro (carne de cordeiro, rúcula, pesto de hortelã, cebola grelhada e homus, tudo envolvido no pão folha). Para manter-se antenado em relação às novidades gastronômicas, o dono do local viaja sempre para atualizar o menu árabe da casa. O perfil do público é composto basicamente por jovens e por casais. O Babek é bem sugestivo e chama para um jantar romântico, devido à atmosfera exótica e pela luz baixa.

Por sugestão da casa, nós do Empratado degustamos três aromáticos pratos da região do Oriente Médio. Então, começamos com o macio frango em tiras acompanhado do colorido e supersaboroso couscous maroquinho, guarnecido de coalhada seca e um leque verde de folhas - (R$23,00). Depois nos chegou à mesa a Kafta de filé com arroz aletria e homus.

 










Frango em tiras com couscous maroquino

O sabor levemente cítrico do arroz permeou o sabor marcante dos filés de kafta perfumados e suculentos. E o homus servido de guarnição – uma espécie de purê de grão de bico com uma consistência mais pastosa ganhou presença no prato – (R$28,00). Em seguida a “crocância cremosa” da seleção de doces árabes – composta por quatro docinhos (pistache, ninho de noses, folhado e charutinho) – são bem frescos e é uma boa pedida para conhecer as típicas sobremesas das “arábias” – (R$9,00).

 










Os crocantes e caramelados doces árabes

A apresentação dos pratos foi impecável e farta, o aroma chegou antes dos pratos na nossa mesa. Uma das cozinhas é aberta e fica no salão inferior, onde é possível ver seu prato sendo preparado. A gastronomia e o atendimento foram de primeira e o preço não machuca no bolso. O objetivo do Babek é sempre inovar trazendo novidades fresquinhas, além de surpreender com o seu sabor singular. A casa também tem balde de degustação de cervejas importadas e artesanais. São quatro garrafas que o sabor varia entre café até cerveja defumada (existe um rodízio de novas cervejas o tempo todo)– sugestivo para quem aprecia bebidas encorpadas – (R$37,00).

 

Além disso, a casa tem seu menu executivo com quatro apetitosos pratos por (R$19,90), que acompanha seleção de pães árabes. E vale lembrar que o Babek será um dos 300 restaurantes a participar do São Paulo Restaurant Week e para isso, a casa elaborou um prato especial para evento: Arroz Califa – Carne moída, frango desfiado, uvas passas e castanha de caju.

 

Salam Aleikum!

Serviço: Babek

Avenida Rouxinol, 605 – Moema / SP

Tel.: (11) 5051-6781

www.babekkebab.com.

Fotografia: Ramon DG – (Estúdio Pavão)

Bruno Pavão – www.brunopavao.com.br

http://pavaophoto.wordpress.com