Cardapios

Willy Wonka das Arábias: Empresa de chocolates ao leite de camela pretende exportar produto exótico pelos quatro cantos do mundo


Postada em 06/04/2013 às 19:19
Por Glaucia Balbachan


 A páscoa está chegando e a gastronomia na área de pâtisserie ganha espaço sempre no quesito sabor, criatividade e apresentação. São ovos, pirulito de chocolate, bombons, trufas, barrinhas de chocolate, brigadeiros, bolos, brownies e por aí vai. A deliciosa matéria-prima normalmente costuma ser brasileira, mas algumas lojas de doces ou confeitarias trabalham com chocolates importados geralmente vindo da Bélgica ou mesmo da Suíça.











O exótico Al Nassma

O brasileiro é “doceiro” por natureza. E os chefs confeiteiros ou especialistas em chocolate os “chocolatiers”, vêm se aperfeiçoando o tempo todo, trabalhando em receitas tradicionais e especiais para aguçar o apetite dos “chocólatras” de plantão. Não há quem resista. E com a páscoa, tanto para profissionais da área de doces e chocolate, quanto para clientes exigentes, ambos buscam o novo. Só que a novidade desta vez não vem nem do Brasil e nem tão pouco da Europa. O chocolate vem direto do Oriente Médio e a surpresa não para por aí, a base do leite no produto vem do camelo.

Diretamente de Dubai, o chocolate com ingrediente exótico chama-se Al Nassma, primeiro chocolate no mundo a ser preparado com leite de camelo (fêmea). A pretensão dos produtores é de exportar para outros mercados Árabes, Europa, Japão e Estados Unidos. A empresa foi criada em Outubro de 2010 com parceria dos chocolates Austríacos Manner. Os chocolates vão para Dubai e lá são finalizados com o leite puro de uma produção de 3000 camelos.










O primeiro chocolate ao leite de camela

O esquema de vendas do Al Nassma é feita em hotéis de luxo, companhias aéreas privadas e agora online. Segundo o gerente da empresa de guloseimas de Dubai, Van Almsick, a meta é ser um “godiva” do Oriente Médio, “ Nosso chocolate é um produto de luxo, de modo que nunca será encontrado em supermercados. Nosso plano é estar presente em um shopping Center de cada cidade dos Estados Unidos”. Conta o gerente.

O Empratado acabou conhecendo por acaso, um apreciador do chocolate Al Nassma em São Paulo, Luis Fernando Becker, que viaja para Dubai a passeio sempre que pode. Tivemos um bate-papo rápido com o empresário que nos ofereceu a oportunidade de degustar o tal chocolate vindo dos Emirados Árabes. Antes mesmo de provar o doce era possível notar a apresentação impecável do produto, desde a embalagem final até a forma de camelos na barra do chocolate. De início achávamos que o chocolate fosse de sabor forte devido ao teor de gordura, que o leite de camelo poderia ter, mas o sabor nos surpreendeu. O aroma de cacao estava fortemente presente no produto, o sabor tinha característica de um chocolate de qualidade, com paladar leve, atraente pela composição, saboroso com “doce” na medida, não era enjoativo. E está muito próximo dos chocolates belga.

Lendo no verso do produto, o leite de camelo ( fêmea), tem cinco vezes mais vitamina C que o leite de vaca, além de ter menos gordura e menos lactose. Por tanto, aparentemente mais saudável. A novidade deve agradar a todos, o produto oferece qualidade, elegância e sabor. Tem tudo para ganhar adeptos.

 

Imagens: Divulgação

Serviço: Chocolates Al Nassma

www.alnassma.com