Cardapios

Bardega traz conceito informal e democrático de tomar vinho com menu gastronômico direto e certeiro


Postada em 14/04/2013 às 00:29
Por Glaucia Balbachan


Como num parque de diversões de vinhos !


 

Aberto há um mês, o contemporâneo wine bar localizado no Itaim Bibi - burburinho da rota gastronômica de São Paulo, já atrai apreciadores e curiosos pelo universo do vinho. Cada vez mais, as pessoas vêm mostrando interesse em aprender e conhecer vinhos para poder testar seus paladares em momento informal com amigos. A proposta inicial é descomplicar e aproximar quem está começando no vinho com a intenção de democratizar a bebida, que para muitos ainda tem rótulo pedante. Para quem já tem mais intimidade com a bebida o processo é mais fácil ainda.

 










Um dos ambientes do wine Bar

 

O Bardega nasceu de uma idéia partida de um dos sócios Carlos Daher, o “Caique”, que tinha o habito de se reunir com amigos em torno do vinho. Cada amigo apaixonado pela bebida trazia uma garrafa de uma safra diferente para apreciar e conversar – disso, o grupo de amigos que são compostos por empresários, executivos, engenheiros e publicitários já tinham experiência nesse mercado de bares, boates e cervejarias, logo, deram início ao projeto no wine bar. O conceito do bar de vinhos remete a extensão da sua sala de casa, onde possibilita o cliente degustar e comparar dezenas de rótulos do mundo todo com conforto e aconchego do balcão e sofás pelos ambientes. São 110 rótulos do novo e velho mundo, envolvendo 14 países (França, Itália, Portugal, Espanha, Líbano, EUA, Nova Zelândia, Austrália, Áustria Alemanha, Chile, Argentina, Hungria e África do Sul). Os amantes do vinho são convidados a uma eno-viagem dos principais produtores fazendo fusão a variedade e preços que não machucam no bolso. Embora novo em folha, o Bardega tem público variado entre homens e mulheres jovens na faixa etária de 30 anos, no geral apreciadores de vinho. É um lugar onde não se fica muito tempo sentado, você vai se serve sempre que for necessário.

 










Salão principal do Bardega

 

O wine bar trabalha com a máquina italiana Enomatic - são 12 no total e ocupa quase uma parede inteira do espaço – para quem gosta da bebida é como um parque de diversões do vinho. Na hora da degustação o cliente terá um cartão para se inserir na máquina com três dosagens diferentes – 30, 60 e 120ml. Os valores variam entre R$14,00 e R$ 40,00. É possível encontrar alguns rótulos que são destaque no mundo como Château d’Yquem (R$141,00 na taça de 60ml); Prunotto Barolo ( R$ 51,00 na taça de 120,00) e Château Prieuré-Lichine Grand Cru Classe (R$80,00 na taça de 120 ml). A pretensão é fazer com que o cliente prove e conheça o maior número de vinhos, para tornar o contato mais seguro, prazeroso e acessível. Pensando nisso, há tags com nome dos vinhos na frente das Enomatic para se colocar nas taças com o intuito de orientar melhor o cliente na hora da degustação. Ainda se a pessoa ficar um pouco perdida e não saber por onde começar, o sommelier Aldo Assada está sempre por perto para qualquer dúvida em relação aos rótulos. Logo ao fundo da casa já se nota uma “champanheira” – ou Champagne bar – espaço exuberante disponibiliza 14 rótulos entre espumantes e champagnes – todos disponíveis em taças. A seleção da esmerada carta do Bardega foi desenvolvida pelo expert no assunto Arthur Azevedo, que dirige a Associação Brasileira de Sommeliers (ABC-SP) é jornalista, palestrante e consultor de vinhos.

 










Carpaccio de rosbife com  pururuca de parmesão

 

Com um investimento estimado em dois milhões de reais, o projeto do wine bar é sofisticado, confortável e com ares despojado de uma adega com uma atmosfera contemporânea. Espaço grande, a casa se divide em três ambientes distintos – logo na entrada um terraço agradável com mesas ao ar livre - perfeito para as noites quentes, em seguida o salão principal com as Enomatic em conjunto do balcão longo de madeira e sofás por toda a parte pra dar a impressão do conforto e descontração da sua casa. E no fundo, o atraente jardim com lounge do Champagne bar – Quem assina o projeto de decoração é a arquiteta Carolina Klingelfus.

 










O aromático risotto de erva doce

 

Com a escolha de rótulos impecáveis a gastronomia não poderia ficar de fora, quem comanda a cozinha do Bardega é o Chef Fábio Andrade (ex – Arola Vintentres), que desenvolveu um menu de pratos de linha contemporânea e sofisticada, que mescla influência dos países Itália e Espanha , por onde trabalhou e viveu. Com propriedade, Fábio montou no cardápio de pratos frios, quentes e algumas sobremesas para serem saboreadas com a degustação dos vinhos. São entradas que podem ser compartilhadas informalmente - tudo para facilitar. Sem firulas, a carta é enxuta e vai direto ao ponto. A casa tem também o menu na versão em tablet com imagens e harmonizações com alguns vinhos para cada prato.

 










O Suculento lombo de cordeiro

 

Um exemplo disso é a entrada de rosbife com mostarda de cremona e pururuca de parmesão – R$ 22,00. Colorido, equilibrado no sabor e com presença de textura, o prato ganha alguns cubos de frutas discretos na sua composição – muito bom. Acompanha bem com o branco português – Quinta das Bageiras. Outra sugestão eclética é o Risotto de erva doce com surubim defumado e castanha do Pará – R$ 27,00. Presença de crocância e cremosidade com toque cítrico, que harmoniza com o vinho alemão branco, leve e refrescante - Eugen Müller Forster Mariengarten Riesling Kabinett Halb-Trocken. Por fim, um prato para ser compartilhado – Lombo de Cordeiro com aspargos verdes e cuscus paulista – R$ 32,00. A carne apresentou-se suculenta e fatiadas em lâminas, aspargos grelhados e cuscus em cubos com casquinha crocante por fora e maciez do lado de dentro, que faz um casamento perfeito com o norte americano tinto -  Château St Michele Syrah Columbia Valley. Outra dica são os queijos e pães caseiros com nozes que fazem par perfeito com os vinhos que a casa oferece.

 

Acolhida calorosa, serviço descomplicado, sabor de fazer salivar, conforto e bons preços. Parada obrigatória para quem gosta de vinho!

  

 

Serviço: Bardega

Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 218 – Itaim Bibi/SP

Tel: (11) 2691-7578

Funciona: De terça a domingo das 18h30 até o último cliente

www.bardegawinebar.com.br

Fotos: Márcio Palermo – www.marciopalermo.com.br