Cardapios

Kohii traz gastronomia inusitada, arte e história no café da liberdade


Postada em 14/04/2013 às 01:30
Por Glaucia Balbachan


Do bolinho de arroz ao pão de queijo japonês! 


 











O tranquilo e despojado Kohii

Local discreto na movimentada Rua da Glória, o café nipo brasileiro - Kohii fica no subsolo do jornal japonês Nippack na Liberdade/SP. Antes de ser um café, o espaço gastronômico cultural era a gráfica do jornal, onde ficavam todos os maquinários de impressão, que tem 60 anos de vida no bairro oriental. A redação do jornal continua situada no andar de cima do café.


O Kohii, que em japonês significa ‘café’ ganhou espaço grande com colunas revestidas com os próprios exemplares do jornal fazendo parte da decoração. Imagens doadas de japoneses imigrantes que vieram para o Brasil, para a lavoura de café são uma das homenagens feitas no estabelecimento.Salão amplo é composto por dois lounges com TV , onde jovens assistem partidas de baseball, mesas compartilhadas, balcão, espaço de artesanato delicado, livraria oriental e uma vitrine com doces, que sai do convencional e que é um verdadeiro deleite.

 










O refrescante  Café Expresso Polar

 

 O café japonês promove eventos temáticos em todas as estações do ano, peças de teatro, vernissages, palestras, lançamento de livro, workshop e aulas de origami. Cada canto do café tem um detalhe diferente e delicado feito por tecidos ou dobraduras. O Café existe há dois anos e meio e a idéia surgiu, porque não existia café naquele quarteirão. Convidados que vinham para o jornal fazer entrevista, sempre surgia o convite para um café e só tinha na rua de cima na (Galvão Bueno), então aos poucos o Kohii surgia. O responsável pela carta gastronômica enxuta e objetiva da casa é o chef Jun Takaki, que sempre teve ligação com a gastronomia, por ter seu avô por parte de pai uma pensão em Pinheiros, onde já serviam comida japonesa aos imigrantes que vinha do interior para a capital. Envolvido com a culinária desde 2005, o Chef Jun – começou a trabalhar com cozinha japonesa, passando por alguns restaurantes em São Paulo, tendo participação em outros estados do Brasil na cozinha e no exterior. Com experiência internacional, provou novos produtos até resolver montar o Kohii, que é a união culinária tradicional japonesa com base para trabalho em sanduíches, massas, doces, chás e cafés.

 










O apetitoso Moti com queijo parmesão

 

“É uma mistura interessante, porque o público brasileiro tem cada vez mais interesse na culinária e cultura japonesa. Além de eu estar dentro do bairro oriental da Liberdade podendo manter a tradição da cultura japonesa, dou uma forma mais atual aos produtos servidos no Kohii”, comenta o chef e proprietário do Café.

Além de viajar bastante, Takaki se mantém atualizado lendo livros e matérias de gastronomia, conversa com amigos que tem restaurantes e bares e visita estabelecimentos provando as novidades. O Moti - É um dos produto mais diferente e mais procurado no café, por ser da culinária tradicional japonesa, só que desta vez traz uma versão mais brasileira adicionando queijo provolone  e virando uma espécie de pão de queijo japonês, mais saboroso e suave.

 










Moti Sembei natural

 

Proposta nova de apresentar um café japonês desposado. O Kohii segue uma linha contemporânea com receitas tradicionais de batchan (avó em japonês) como nos oniguiris e no moti. Nas casas das batchans o moti normalmente é feito frito e servido com açúcar e shoyo, mas no café ele é assado e muito leve. Há duas versões do moti - massa feita com arroz: com queijo e o Sembei (moti natural assado) acompanhado com três molhos, (lembra um biscoito de polvilho).

Desejo do chef  Takaki de montar um café no estilo japonês, o perfil de publico é variado de estudantes à adultos , o espaço é tranqüilo e  foge da agitação do bairro da liberdade.

 










O colorido Bentô Box

 

 Sem perder as raízes gastronômicas, o chef Jun inovou sem sair do tradicional. Começamos com o café expresso polar - café, suco de laranja, limão Siciliano, gelo e espuma de leite - R$8,50, de início os ingredientes parecem não funcionar, mas é bem saboroso e refrescante. Em seguida nos chegou o moti com queijo parmesão assado - R$6,59, o esperado pão de queijo japonês é leve, delicioso, com textura crocante por fora e macia por dentro. Farto - serve bem três pessoas. Depois o moti Sembei natural guarnecido dos molhos: Nori (alga japonesa com shoyo), pimenta coreana e molho de gergelim agridoce - Muito bom! Os molhos permeiam bem o sabor do moti sem camuflar o sabor da massa de arroz . E por fim, avaliamos uma das refeições mais coloridas do café, o Bentô Box - opção 1 - R$22,00.

O prato atraente aos olhos e aromático é composto por três oniguiris da escolha do cliente (shimeji, gobô, omebushi) - omebushi ameixa em conserve - acidez equilibrada e textura firme, é boa oportunidade de conhecer os oniguiris frescos e bem envolvidos nas algas- trabalho preciso, ( o shoyo é dispensável). O prato vem um missoushiru, conservas, salada e salmão macio e suculento - completo!

 

Trabalho esmerado, autoral, ambiente tranqüilo, serviço descomplicado, bom custo beneficio e acolhida calorosa. Visita obrigatória!

 

 

Serviço: Kohii

Rua da Glória, 326 - Subsolo - Liberdade/SP

Tel: (11) 3203-0624

www.kohii.com.br

Fotos: Márcio Palermo - www.marciopalermo.com.br