Cardapios

AnaCravo - Doçaria Afetiva lança beijinhos de alta gastronomia


Postada em 14/04/2013 às 12:08
Por Glaucia Balbachan



Muito além do docinho tradicional!


 

Terno, afável, afetuoso, suave, ameno, brando, benigno, enfim, o doce.

 










Lançamento da AnaCravo Doçaria Afetiva

 

 O brasileiro por natureza gosta de doces, e a gastronomia confeiteira vem se superando a cada dia, seja para doces finos, chocolates ou mesmo aqueles doces que remetem a nossa infância de alguma maneira, o beijinho é um por exemplo, disso. Presente em todas as festas de aniversário – Branco, redondo, envolto no açúcar cristal e com um cravo da Índia de enfeite, esse docinho saboroso veio de Portugal trazido pelas Freiras de Santa Clara. Para cada região a guloseima recebe um nome diferente e a receita original não era com cravo e sim, baunilha, por conta dos valores altos da especiaria.

 










O tradicional beijinho

 

 Beijinho, beijinho de coco, beijinho de leite, beijinho de freira - como é conhecido em Portugal são várias nomenclaturas com base na mesma receita, onde a AnaCravo – Doçaria Afetiva desenvolveu um conceito de resgate de memória afetiva e bons produtos com toque de alta gastronomia. Nova em folha, a loja virtual de beijinhos gourmet inaugurou no dia 22 de fevereiro e o projeto desde a pesquisa de produto, nome, marca e conceito foi elaborado em quatro meses de trabalho. Comandada pela chef patessière Silvana Oliveira, o lançamento da doçaria veio para propor um docinho tão simples, que repaginado com frutas orgânicas e matéria-prima de qualidade, que já trouxe retorno positivo da imprensa e para os consumidores, que na maioria é feminino, na faixa etária de 35 a 40 anos.  “Agora o principal objetivo é consolidar a marca, ver como o produto responde no mercado e abrir um atelier de degustação dos beijinhos”, diz a confeiteira e proprietária da AnaCravo.

 










Beijinho do Brasil

 

Apaixonada pela confeitaria, Silvana já fazia trufas desde os 11 anos para ganhar dinheiro. Fez cursos de confeitaria e envolvida com a cozinha fria, fez Anhembi Morumbi/SP e não parou mais. Trabalhava em cozinha quente, mas já sabia que os doces eram o seu forte. “A confeitaria sempre me atraiu. Depois de formada fui fazer doces para um Bufett de casamento, depois fui para o Le Vin em SP, mais pra frente assumi um projeto como chef chocolatière, onde passei uma temporada na França para aprimorar as minhas técnicas na área. De volta ao Brasil, trabalhei em outros locais e depois surgiu a idéia segura de lançar a AnaCravo”, menciona a chef confeiteira.

 










Beijinho de colher

 

Pioneira neste segmento, a Doçaria afetiva lança beijinhos delicados com apresentação primorosa. Para cada docinho a Chef Silvana quer contar uma história diferente com base na afetividade e ingredientes brasileiros e importados. Sempre com a preocupação de fundir a massa do beijinho com algum produto mais cítrico para quebrar o açúcar do doce. Um exemplo disso são: o Cramberry, damasco, a castanha de Baru do Serrado, que foi recentemente descoberta pelos chefs e a fava cumaru ou fava tonka, que seria a “ baunilha brasileira” com presença marcante no aroma. Chocolate belga e derivados do leite argentino também somam na lista de produtos que são usados nos beijinho.

Na carta de sabores os itens são: 8 tipos de beijinhos enrolados, 4 tipos de beijinhos de colher com a variação de 30gr e 80gr e a bala beijo. A AnaCravo trabalha com datas comemorativas, portanto, novidades estão previstas para a Páscoa. De coelhinhos de chocolate recheados com beijinho de colher até panelinhas de porcelana com beijinho cremoso dentro.

 










A Chef Patessière Silvana Oliveira

 

Na carta apetitosa nos foi apresentado o Beijinho Azul – pasta de mirtillo com chocolate branco. Saboroso, o chocolate é passado no doce de uma forma rústica, que na apresentação é possível ver um pouco da cor da fruta e a casquinha fina e deliciada no doce. Equilibrado no açúcar e presença da fruta fresca na gastronomia. Depois o Beijinho da Amizade – Capuccino por dentro e confeito de café por fora. Suave no sabor se sente a textura leve do coco na massa e a crocância dos confeitos de café. Em seguida, o beijinho que faz jus ao nome - Beijinho Surpresa.  Massa com gengibre e geléia cremosa de laranja. Todos os ingredientes se comunicam entre si e uma das características da Chef da AnaCravo é o trabalho com texturas. Maciez, cremosidade e crocânia estão presentes na sua confeitaria. Por fim, o nosso favorito Beijinho do Brasil – Fava de cumaru e castanha de baru por fora. Exótico, este beijinho tem sabor impar. É persistente no aroma e paladar. Muito bom.

Gastronomia com identidade, trabalho autoral e delicado, sabor e apresentação impecável. Vale a experiência!

 

Serviço: AnaCravo - Doçaria Afetiva

Valor: R$ 3,50 (a unidade)

Loja virtual: www.anacravo.com.br

Tel: (11) 95199-2085

Fotos: Divulgação