Cardapios

13º Festival Gastronômico de Búzios: Os pontos altos da festa saborosa


Postada em 04/08/2014 às 15:57
Por Glaucia Balbachan


Trata-se de uma península com menos de 20 praias para se contemplar. Difícil encontrar quem não se encante pelo azul das águas de Armação dos Búzios/RJ. Diminuta e charmosa a cidade buziana traz bons restaurantes em gastronomia afinada.



Idealizado pelo produtor Gil Castelo Branco, o Festival Gastronômico de Búzios chegou a sua 13ª edição com elegância e hedonismo no paladar. Foram 60 restaurantes participantes. Entradas e sobremesas custavam R$ 10,00 e pratos principais por R$ 15,00. Os integrantes do Festival montavam suas mesas na frente de seus restaurantes com decoração atraente, comida feita na hora e vinhos para harmonizar. A Rua Manuel Turíbio de Faria, Rua das Pedras e Orla Bardot estiveram lotadas todos os dias do evento. Pelas ruas falava-se e ouvia-se diversos idiomas, por conta de turistas na cidade. Pelas esquinas sons de saxofone e perfume dos bons pratos.



Segundo a Secretaria Municipal de Turismo, mais de 30 mil visitantes estiveram presentes no festival. Pelo grande volume esperado de pessoas, foi dobrado o número de latões de lixo nos arredores e nas ruas principais da festa. O pessoal da limpeza era rápido, discreto e a cidade estava limpa a todo o momento.



Além do centro da cidade, o festival aconteceu no Porto da Barra e Espaço Domme em Manguinhos. Por lá, o sucesso de público foi tão grande quando no centro de Búzios.



Gastronomicamente, poucos participantes tiveram o atrevimento de apresentar pratos com arrojo no paladar e na apresentação. No Centro, um dos destaques saborosos foi o japonês Enú, que criou uma entrada de Gyoza leve com recheio de camarão, shimeji salteado na manteiga e saquê junto de dois molhos reduzido; um de soyo e açúcar e saque e o outro a partir de um caldo de crustáceos, tipo bisque com missô, dashi e algas japonesas. Outra surpresa delicada e de bom visual foi a Arepa colombiana recheada de berinjela com azeitonas e rúcula guarnecida de molho de abacaxi picante.



No Porto da Barra foi possível conferir a entrada impecável do restaurante A Tasca. A casa portuguesa apresentou a Bruschetta Bucaneira com queijo de cabra do bucaneiro, com passas, alho, azeite, pimenta fresca, aroeira no pão. A Donna Jô preparou uma Mini moranga recheada de camarões ao molho de maracujá, acompanhada de farofa de banana passa. Já o Zuza Restaurante surpreendeu com exuberância e ousadia com o seu prato principal, fazendo fusão entre cor e texturas com ingredientes inusitados – Agnolotti de cacau recheado com pato, ao molho de açafrão, Cointreau, raspas de laranja e fios de chocolate de cupuaçu. Para fechar o evento gastronômico com um sorriso de orelha a orelha, a Belli Belli apostou no tentador Chaud Froid. Farofinha de castanha de caju tostada com morangos caramelizados no aceto balsâmico, favas de baunilha e sorvete de creme.



Cidade charmosa, serviço cordial, boa gastronomia e bom custo benefício – Quem nunca esteve no Festival é altamente recomendável e para aqueles que já conhecem - Vale o repeteco.


 


Serviço: 13º Festival Gastronômico de Búzios
Centro: Orla Bardot, Rua das Pedras e Rua Manuel Turíbio de Farias
Ossos: Praça dos ossos
Fora do Centro: Porto da Barra e Espaço Domme (Manguinhos)
www.festbuzios.com.br
www.facebook.com/festbuzios


Fotos: Fábio Rossi


Foto: Agnolotti de cacau recheado com pato (Zuza Restaurante): Cookery Photo & Creative Agency
(www.cookeryphoto.com)