Cardapios

Casinha de Monet Bistrô: Endereço novo e gastronomia com identidade e impressionismo


Postada em 06/04/2013 às 00:18
Por Glaucia Balbachan


Localizado no bairro de Pinheiros, o charmoso bistrô ganhou mais espaço e um cardápio tentador à moda clássica francesa.











Moules et  frites à la Breton

Dividida por dois ambientes – inferior e superior, a Casinha de Monet esbanja charme com sua decoração que vai desde o papel de parede e as cortinas brancas de meia janela, até os quadros do pintor Claude Monet espalhados pelas paredes; uma verdadeira tentação para os aficionados pelas obras de arte do artista impressionista. A história do bistrô é encantadora. A idéia foi de montar o estabelecimento todo baseado no livro raro de receitas que Monet compôs “À mesa com Monet”, da editora Salamandra. O pintou francês não cozinhava propriamente, mas gostava de desenvolver receitas, onde recebia seus amigos para deliciosos banquetes em sua casa.











O suculento cordeiro do Casinha de Monet 

Composta pelos mesmos sócios, desde quando o Casinha de Monet era instalada na Rua Francisco Leitão e agora repaginado o bistrô situa-se na Fradique Coutinho em pinheiros, há seis meses. Quem comanda a cozinha da casa é o chef mineiro Thiago Cerqueira. Que desde o ano passado assumiu a casa trazendo maior identidade em relação à gastronomia francesa no local. Envolvido com a culinária desde adolescente, já sabia que era do métier, desde os 15 anos. O chef Thiago trabalhou em Minas Gerais, Bahia, Florianópolis e agora está em São Paulo.

Acabou desenvolvendo a paixão pela cozinha francesa, porque foi sua cozinha de base e também, porque observava seu irmão na cozinha o chef e proprietário do bistrô Allez Allez – Luiz Emanuel. Quanto ao trabalho de montar novos pratos para o bistrô, pensou em deixar o cardápio com uma cozinha mais camponesa, com elementos de alguns pratos que o Monet escreveu em seu livro. O menu executivo muda todo dia no almoço e o chef promete outras novidades.

 










Tentação de chocolate meio amargo

Ao som de Madeleine Peyroux, a equipe do Empratado se embalou na atmosfera francesa do bistrô. Da entrada a sobremesa todos os pratos chegaram cuidadosamente impecáveis na nossa mesa. A entrada farta de encher os olhos foi trazida pelo próprio chef.  Mariscos frescos na própria casca, leves e de aroma marcante – perfeitos para o verão, acompanha batatas crocantes e serve bem duas pessoas. Moules et frite à La Breton – Mexilhões cozidos na cidra com maçã verde e bacon. (R$29,00). Já o prato principal, o cordeiro estava macio e suculento. O molho da própria carne fazia parte da composição do prato e tinha toque levemente agridoce - Lombo de cordeiro – com o molho do mesmo prato e guarnição de vagens e gnochi parisiense. (R$58,00). E por fim, de sobremesa fomos de mousse de chocolate amargo com biscuit de pistache (R$17,00). Uma verdadeira tentação com textura cremosa e paladar sutilmente adocicado – perfeita fusão com o crocante biscuit.

 

Segundo pesquisas dos proprietários, bistrô quer dizer também a extensão da sala de estar; algo confortável e aconchegante. O objetivo da casinha de Monet é de trazer conforto, bem estar e boa gastronomia. O público do horário do almoço é bem variado, gente bonita e normalmente “engravatados”, que trabalham pela região. O atendimento e o serviço são de primeira e o preço não machuca no bolso. No jantar com luz baixa, o bistrô é convidativo para um jantar a dois.

Voilá et à bientôt!

Serviço: Casinha de Monet Bistrô

Rua Fradique Coutinho, 37 – Pinheiro SP

Tel. (11) 3032-7403

http://www.casinhademonet.com.br/

Fotografia: Ramon DG - (Estúdio Pavão)

Iluminação e captação: Raphael Kumbrevicius - (Estúdio Pavão)

Bruno Pavão: http://www.brunopavao.com.br/

http://pavaophoto.wordpress.com/