Goles

O produtor Remy Pannier traz as características expressivas do terroir do Loire em seus vinhos brancos e rosados


Postada em 26/05/2015 às 14:09
Por Glaucia Balbachan


Famosa por seus castelos e por seu terroir, o Vale do Loire no sul da França é um local onde se encontra alguns dos melhores vinhos brancos do mundo.
Existente desde 1885, a marca Rémy Pannier, tinha um único objetivo – desenvolver bons vinhos em um terroir, que já tinha tradição. Em 1956 nasce a associação à Maison Ackerman, que se tornou uma das maiores produtoras de vinho no Loire, onde mais tarde se uniu a Rémy Pannier em 2009, trazendo boas surpresas em suas garrafas. Trata-se de vinhos brancos e rosés muito frescos e delicados e que chegam ao mercado brasileiro com preços acessíveis.



O espumante Marquis de La Tour reserva características de frescor e aromas destacados por conta das altitudes do Loire. Seco e feito por método Charmat é desenvolvido com as castas Chenin Blanc, Chardonnay e Ugni Blanc. Com borbulhas finas e rápidas, traz aroma de pera e flores brancas, além de ter um pouco de cítrico no conjunto. Na boca o frescor e acidez equilibrada andam de mãos juntas. Tem cremosidade, corpo leve e abacaxi no sabor. É um espumante para todos os momentos.
Graduação alcoólica: 11%
Premiações: WS86/ Prata no concurso Effervecents Du Monde/Bronze no Decanter World wine Awards
Sugestão de valor: R$59,00
Pontuação: 97


Marquis de La Tour Rosé



Com perlages finas e delicadas, é um espumante que foi elaborado com três castas: Cabernet Franc, Carignan e Grenache. Feito em método Charmat é rico de aromas. É frutado com notas de framboesa, morango, cerejas, além de ter frescor e acidez na medida. Na boca, é um vinho leve, com as mesmas frutas que correspondem ao aroma. Há um pouco de doçura no final.
Graduação alcoólica: 12%
Premiação: WS86
Sugestão de valor: R$62,00
Pontuação: 91


Rémy Pannier Muscadet Sèvre et Maine 2010



Por conta dos solos de calcário, granito e seixos, o Branco Muscadet traz mineralidade como principal característica. Aos apreciadores de vinhos secos com toque minerais, esse rótulo surpreendeu. Elaborado com 100% Melon de Bourgogne é um vinho que ficou amadurecendo ao menos de 6 meses sur-lie ( sobre as borras) em tanque de aço.
No nariz é fresco e tem frutas cítricas, mineral e flores brancas. Na boca é leve, refrescante e equilibrado – final longo.
Teor alcoólico: 12%
Premiação: 2010 – WS88
Sugestão de valor: R$ 64,00
Pontuação: 97


Rémy Pannier Rosé d’Anjou 2013



É delicioso. Não é a toa que tenha ganho tantos prêmios, entre eles de melhor Rosé francês na feira Exponivis de 2014. De cor rosa bem claro e brilhante é elaborado com 70% Grolleau Gris, 20% Gamay e 10% de Cabernet Franc.
Com acidez na medida, tem alta intensidade no aroma destacando o morango. Na boca é leve, saboroso, com doçura discreta e sabor de frutas vermelhas. Um bom vinho.
Teor alcoólico: 10%
Sugestão de valor: R$ 64,00
Pontuação: 97


 


Serviço: Remy Pannier
www.ackerman.fr
Importadora: Inovini
Tel: (11) 3623-2280
Tel em outras regiões: 08007711600
www.inovini.com.br
Fotos: Divulgação