Goles

Almaviva: A marca chilena icônica lança sua safra 2013


Postada em 21/11/2015 às 18:29
Por Glaucia Balbachan



São sempre esperadas novidades vindas do produtor chileno Almaviva. Principalmente quando trazidas pessoalmente pelas mãos do enólogo francês Michel Friou. Trata-se do lançamento da safra 2013.
A fusão das marcas Rothschild e a Viña Concha Y Toro não poderia dar tão certo. A reputada Almaviva apresenta sua safra 2013, que será vendida no ano de 2016 no país. O resultado é inânime, sempre surpreende aos paladares. O elo que liga a experiência profissional francesa ao terroir da região do Maipo, no Chile resulta até hoje vinhos de qualidade superior. ( foto abaixo do Enólogo Michel Friou)




O nome do vinho - Almaviva foi dado por conta do personagem sedutor (Pierre Beaumarchais), da comédia literária O Barbeiro de Sevilha, que faz jus ao nome que tem. As características são marcantes, com o equilíbrio da acidez, taninos aveludados e boa complexidade nos aromas. Trabalho típico de um “mago dos vinhos”, como Friou. O cenário escolhido para o almoço memorável de apresentação foi o impecável Cantaloup.



O Almaviva 2013 é um blend elaborado com 72% de Cabernet Sauvignon, 19% de Carmenère, 6% Cabernet Franc, 2% Petit Verdot e 1% de Merlot. Que passa por 18 meses em barrica de carvalho francês nova. Embora jovem é um vinho vibrante e com forte presença. Tem boa intensidade aromática, com cerejas, cassis, especiarias como pimenta preta e notas de violeta presentes no nariz. Na boca é fresco, corpo médio +, frutas vermelhas, tanino macio, acidez média e final elegante.


Durante o almoço a safra 2012, com a mesma composição de castas (somente com a proporção diferente), que está à venda nos acompanhou à mesa. É um vinho “musculoso” e complexo nos aromas. Amoras, noz moscada, pimenta preta, chocolate amargo e notas de violeta são facilmente percebidos. Na boca é redondo, agradável, com boa acidez, taninos suaves e final persistente.


Por fim, uma surpresa - a safra de 1999 servida como um presente especial. O blend foi elaborado com 78% Cabernet Sauvignon, 19% de Carmenère e 3% de Cabernet Franc – passando por 16 meses de barrica de carvalho francês novo. Com 16 anos está sensacional com aromas terciários de couro, terra, tabaco, café e coco queimado. Na boca é bem estruturado, com taninos elegantes e final com vontade de beber mais uma taça.



Serviço: Almaviva
Baron Philippe de Rothschild / Viña Concha y Toro
Puente Alto - Maipo - Chile
www.almavivawinery.com