Goles

Cepas italianas: A Campagna de Terredora Di Paolo


Postada em 22/05/2017 às 01:10
Por Glaucia Balbachan



Trata-se de vinhos italianos marcantes. Terredora é a fusão da tradição e experiência numa região para nós pouco conhecida no quesito produção de vinhos. No caso a Campagna, no Sul da Itália. Desde 1978 o cultivo de uvas na vinícola Terredora Di Paolo são regionais e nativas como: Aglianico, Falanghina, Greco, Fiano entre outras.



Os responsáveis pela vinícola ( que em seu nome carrega os sobrenomes dos proprietários), são Walter, Paolo, Lucio e Daniela Mastroberardino, que em ocasião especial estava presente em São Paulo em tasting especial.


Daniela nos conta que a região onde os vinhedos são plantados sofre influencia da costa marítima e montanhas. “Isso faz toda diferença na hora da produção dos vinhos. Ganhamos frescor, mineralidade e complexidade nos aromas”, conta a produtora.


São rótulos que trazem Dominação de Origem Controlada DOC e DOCG - Denominação de Origem Controlada e Garantida. São vinhos que colecionam prêmios pelo Gambero Rosso, Decanter, wine Enthusiast, wine Spectator e por aí vai. A importadora que traz os vinhos da Terredora Di Paolo é a Cantu em São Paulo.



Começamos com um Rosé - RosaeNovae ( Irpinia DOC) – Safra 2015
100% casta Aglianico é um Rosé com estilo Provence na cor e leveza. Elegante traz morangos frescos e notas florais nos aromas. Na boca acidez equilibrada, frutas vermelhas e longa delicadeza no final. R$ 120,00.


Fiano Di Avellino DOCG – Safra 2015


100% Fiano, lembra um Riesling por conta dos aromas de petróleo, levedura e frutas. Mas no nariz também traz baunilha, mineralidade por conta do solo com caucário e acidez deliciosa. Na boca é fresco, saboroso, equilibrado e com final frutado. R$ 100,00.


Falanghina - Safra 2013


100% Falanghina, o vinho branco é complexo no nariz e paladar. Nos aromas traz frescor, frutas como maçã verde, abacaxi, pera e notas de panificação. Com passagem por carvalho, na boca sabores reservam frescor, untuosidade e final marcante e longo. R$ 140,00.



Aglianico – Safra 2014


É um vinho tinto saboroso e fácil de beber. É leve e pode ser consumido sozinho. Jovem é frutado e persistente nos aromas. Ameixas e amoras estão em destaque. Na boca muita fruta, corpo médio, taninos macios e final agradável. R$ 150,00.


Il Principio – Aglianico Irpinia DOC – Safra 2010


Com passagem por 8 meses em carvalho americano, o varietal 100% Aglianico é muito bom. Nos aromas muito mirtilo, amora e ameixa, além de notas florais de violeta. No nariz ainda traz um certo dulçor que não atrapalha em nada. Tem mais corpo, é saboroso, persistente, ótimo em dias frios, é gastronômico, macio e aveludado na boca – final longo. R$ 200,00.


Pago Dei Fusi – Taurasi DOCG


Como o melhor sempre fica para o final – Eis o tinto e 100% Aglianico Pago Dei Fusi. São 24 meses em barrica de carvalho francês que resultaram complexidade e alta intensidade aromática. É um vinho exuberante e vivo. Frutas negras, notas especiadas como pimenta preta, tostados, cacau e tabaco. Na boca fruta negra, taninos aveludados e persistência do inicio ao fim. Muito bom! R$ 350,00.



 Serviço: Vinícola Terredora DiPaolo


www.terredora.com


Cantu Importadora


Rua Passo da Pátria, 1689 - Vila Leopoldina – São Paulo


Televendas: (11) 2144-4450


www.cantuimportadora.com.br


Fotos: Empratado