Velho Mundo Goles

A presença transcendente de Chianti no Brasil


Postada em 03/02/2022 às 21:50
Por Glaucia Balbachan


Impulsionada pelos mercados no mundo, a maior denominação de vinho tinto da Itália evidencia sua história para o Brasil

As ações são contundentes. O Chianti está presente em todos os cantos do mundo espalhando sua história, importância e principalmente seus sabores.

A denominação mais antiga do país da bota, o Chianti, que está localizado na região da Toscana vem registrando aumento nas suas exportações com 13% em valor e 8% em volume para a Itália. O maior objetivo dessas ações é divulgar e promover seu produto mais fidedigno – seu vinho tinto.

A masterclass Chianti Superiore aconteceu em São Paulo, parte dela de forma digital ao vivo e de forma presencial com jornalistas e experts para a degustação.

Com várias passagens pelo Brasil, uma das denominações mais importantes do planeta, Chianti, soma 1400 vinícolas e 100 milhões de garrafas envazadas, sendo 35% delas ficando na Itália e o restante no mundo a fora.

O Brasil é um dos países da América Latina que a Itália acredita reforçar seu vinho. “Mesmo com as taxas altas, esperamos que asituação mude logo”, menciona Luca Alves – Embaixador do vinho Chianti.

O tasting com comentários ficou por conta da presença do jornalista e expert Jorge Lucki, trazendo detalhes minuciosos das sub-regiões do Chianti médio e Superiore.
De acordo com Luca Alves, o consorzio nasceu em 1927 com 7 sub-regiões: Chianti Colli Fiorentini, Chianti Collie Pisane, Chianti Montespertoli, Chianti Colli Aretini, Chianti Colli Senesi, Chianti Montalbano e Chianti Rufina. A Denominação de Origem DOC aconteceu em 1967 e a Dominação de Origem Controlada e Garantida DOCG em 1984”, conta.

Para a elaboração de um Chianti DOCG é necessário que 70% da uva seja da casta autóctone - Sangiovese. Desde 1932 as cidades que fazem parte do consorzio de Chianti são: Florença, Siena, Arezzo, Pisa, Pistoia e Prato. Atualmente a entidade reúne mais de 3 mil produtores.

A degustação e vertical nos trouxe uma grata surpresa. Foram apresentados às cegas as safras 2012, 2014, 2017, 2018 e 2019. De forma geral, os vinhos superaram a expectativa trazendo vinhos complexos, instigantes e de qualidade superlativa, que vão muito além da companhia harmoniosa de uma pizza.

Serviço: Consorzio Vino Chianti

Instagram: @consorzio_vino_chianti

Facebook: @consorziovinochianti

Fotos: Site Empratado