Receitas

Lasanha de Pupunha - A Gastronomia orgânica da Chef Priscilla Herrera


Postada em 11/02/2014 às 19:02
Por Glaucia Balbachan


Com cursos no Natural Gourmet Institute e estágio no vegetariano Dirt Candy em NY, a chef Priscilla Herrera do Restaurante Banana Verde, conta que sim, dá para ser natural e gastronômico. Para isso, o segrego é não cozinhar muito os alimentos deixando-os mais al dente. 

A cozinha tem vertentes e a gastronomia pode ser uma simples salada, torta ou uma massa. O que faz dela natural é a qualidade dos produtos. São sazonais? Se forem orgânicos, além de saúde, a preparação se torna mais saborosa também. “Trabalhar com produtos orgânicos é muito bom, nos produtos naturais como frutas concentram mais frutose, consequentemente são mais doces e saborosas. O molho de tomates orgânicos se torna mais vermelho, denso, saboroso e não precisa corrigir a acidez. As verduras são um capítulo a parte, tem mais vida, cor, sabor e nutrientes. Os ovos orgânicos dão cor, sabor e textura nas massas integrais”, conta a Chef Priscilla.
 
A orgânica lasanha de pupunha da Chef Priscilla Herrera
 
Na linha dos naturais e orgânicos a chef assina uma receita fácil e saborosa a base de pupunha, que está no cardápio Detox do restaurante.
 
Lasanha de Pupunha
 
Tempo de preparo: 30 minutos (8 horas de castanhas de caju crua de molho em água).
 
Rendimento 2 porções.
 
Ingredientes:
Coração de palmito pupunha em formato de lasanha 0,200 kg (2 corações limpos).
Abobrinha italiana ralada finamente 1 unidade.
Limão siciliano raspas e sumo 1 unidade.
Cibolete picada 2 colheres de sopa.
Salsinha picada 2 colheres de sopa.
Sal marinho e pimenta da Jamaica moída a gosto.
Pesto de manjericão  para decorar.
Tomatinhos cerejas 1 xícara cortados ao meio.
Azeite de oliva 6 colheres de sopa.
Castanhas de caju crua de molho em água por 8 horas 150 gramas.
Cebola roxa picada 1 unidade.
 
Modo de preparo:
Cortar finamente o coração de supunha, temperar com azeite, sal e pimenta. Reservar por 10 minutos.
Ralar abobrinha finamente e temperar com azeite 1 colher de sopa, sal, pimenta, salsinha, um pouco das raspas de limão e cibolete.
Para o creme de caju: escorra as castanhas coloque no liquidificador as 5 colheres de sopa de azeite de oliva, o restante das raspas, o sumo, sal e pimenta.
Bata até ficar cremoso, depois retire do liquidificador e acrescente o restante das ervas picadas.
Corte os tamarinhos ao meio, tempere com uma colher de azeite, sal, pimenta e um pouco de pesto.
Para a montagem: em um aro, coloque as lâminas de supunha, um pouco da abobrinha temperada e o creme de caju.
Finalize com as lâminas de pupunha, decore com os tomatinhos temperados, pesto de manjericão e sementes.
 
 
 
 
Serviço: Restaurante Banana Verde
Rua Harmonia, 278 – Vila Madalena/SP
Tel: (11) 3814-4828
www.bananaverde.com.br
Foto: Divulgação