01/04/2013 às 15:15

A História da Alcaparra


 De sabor marcante e aroma inconfundível, esse condimento é originário do mediterrâneo. A alcaparra é uma flor bastante apreciada na cozinha internacional. Conhecida desde a antiguidade, os romanos gostavam de conservá-la em sal e vinagre. Logo foi chegando na Espanha, França e Itália (na região da Sicilia) e na Grécia.

O saboroso botão de flor

A alcaparra possui talos espinhosos, que chegam a atingir mais um metro de comprimento, com folhas grandes e arredondadas. Normalmente na cor branca, suas flores têm grandes estames e nascem na base das folhas. A colheita é feita de forma manual. Depois, o broto da alcaparra é exposto ao sol durante um dia inteiro, para perder um pouco da água. Quanto menor o broto, mais apreciado e maior o valor de mercado.

É como um “botãozinho de flor”, que tem sabor suave, sendo ao mesmo tempo, ácido e doce. Para conserva, os brotos ficam submersos em uma mistura de vinagre e sal, realçando o sabor.

Seu uso mais comum é em saladas, massas, pizzas, carnes e molhos – é presença fundamental no molho tártaro. Na cozinha italiana é um ingrediente bem popular como em macarrão ao molho de anchovas, mais conhecido como “Salsa Puttanesca”.

As flores de espinos da alcaparra

Uma dica: Não se devem colocar as alcaparras no início do cozimento, para que o sabor seja mantido. Sempre no final. O ácido cáprico é seu princípio ativo mais importante, possuindo uma ação digestiva e estimuladora do apetite. A alcaparra pode ser utilizada inteira e salpicada nos pratos prontos.

Uma curiosidade: Por ter sabor marcante, na antiguidade a alcaparra era usada para mascarar o sabor rançoso das carnes já passadas.

 



O Empratado é uma página de jornalismo enogastronômico, que dá dicas semanais sobre o que acontece no mundo gourmet dentro e fora do Brasil. São sempre novidades fresquinhas sobre produtos, restaurantes, bares, novos pratos, pratos clássicos, entrevistas, presença de personalidades envolvidas com a arte do bem comer, receitas, histórias, vinhos, cervejas e matérias sobre os pequenos "achados" saborosos da baixa e alta gastronomia.
O site Empratado é independente e todos os estabelecimentos pautados pela página são isentos de qualquer tipo de pagamento que possam induzir opiniões nos textos ou resenhas de avaliação.
Você também pode nos acompanhar nas redes sociais.

O site Empratado é independente e todos os estabelecimentos pautados pela página são isentos de qualquer tipo de pagamento que possam induzir opiniões nos textos ou resenhas de avaliação.
Você também pode nos acompanhar nas redes sociais.

Empratado 2016 | Todos os direitos são reservados. Desenvolvimento: Leo Lima Tecnologia | Arte e Design Concept: Stone Studio.